11 de março de 2012

Hey meu amor. Já faz um tempinho que falo contigo e acho que vou acabar por dizer a mesma coisa mas vais ter que ler até ao fim, está bem? Ninguém se preocupa como tu te preocupavas, ninguém me dá o seu casaco quando tremo de frio, ninguém me dá beijos na nuca como aqueles que me davas. Tenho saudades, tornei-me uma rapariguinha carente e melga. Lembras-te? Customavamos gozar dessas raparigas. Quero-te de volta amor, prometo-te que não volto a fazer o mesmo erro.
Pergunto-me que dizias de mim agora; cortes nos pulsos, cigarro na boca, alargador na orelha e consciência poluída. Um bocado diferente da miúda alegre & contente que conhecias, hã? Não sei se me conhecias agora, mas eu conhecia-te a 1 km de distancia. E então com o teu 7 nas costas. Tenho imensas saudades de ir aos teus jogos, o olhar de felicidade que tinhas quando os teus olhos poisavam em mim... Estou a dar o lado fraco, aquele que eu nunca dou, e estou a pedir-te para voltares.
Até breve meu príncipe.

2 comentários:

Joana M.G.G disse...

Gostei muito do teu Blog e sigo.
Beijinhos.

Inês V. disse...

AMEI o teu blog e sigo..
passa pelo meu: http://between-my-thoughts.blogspot.pt